“Quisemos um projecto mais
ambicioso e de maior amplitude”

“Quisemos um projecto mais ambicioso e com uma maior amplitude”. Foi assim que o presidente da Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, José Morgado, justificou o lançamento de um concurso nacional de ideias de negócio, que tem como objectivo trazer jovens empresários e os seus projectos à região, para criarem riqueza e emprego no território.
Até ao dia 30 de Abril, os interessados podem candidatar-se ao concurso “Wanted Business Ideas”, que ontem foi apresentado no Hotel Montebelo, na presença de autarcas e empresários da região.

Temperos para quem passa
pela antiga estação

Vitor Costa é natural de Coimbra, mas passou grande parte da sua vida a percorrer o país. Lisboa, Figueira da Foz e Porto foram três cidades em que trabalhou antes de rumar a Viseu em 1989. Na altura, diz Vitor Costa, “já gostava muito de Viseu porque era uma cidade muito limpa e organizada”.

Pedro Santos e Filipe Nascimento
abandonam Académico de Viseu

Com a chegada de Ricardo Chéu, Pedro Santos perdeu espaço no onze titular e decidiu mudar de ares. O jogador já foi, entretanto, apresentado no Varzim, clube orientado por Vítor Paneira, que vai disputar a segunda fase do Campeonato Nacional de Seniores, o 'play-off' da subida à II Liga.

Tondela confirma Renato Santos
até final da época

O Tondela, líder da II Liga, confirmou ontem o ingresso do avançado Renato Santos até final da época, por empréstimo do Rio Ave, clube do primeiro escalão.
O extremo de 23 anos, que fez grande parte da sua formação no Sporting, representou Rio Ave, Moreirense e Desportivo das Aves como sénior.

Mercado Municipal vai acolher
uma feira temática por mês

A Câmara Municipal de Mortágua delineou um programa de animação para o Mercado Municipal, com o objectivo de criar na população o hábito de “ir ao Mercado”, aproximar mais as pessoas deste espaço, atrair novos clientes, e dessa forma, aumentar as possibilidades de negócio, valorizando a economia local. O Mercado Municipal vai, assim, ganhar uma nova dinâmica com a realização de vários eventos temáticos neste espaço, a começar já no mês de Fevereiro.

Câmara assina contratos de
775 mil euros com as Juntas

As Juntas de Freguesia de Mangualde e a Câmara Municipal assinaram esta semana contratos interadministrativos de delegação de competências e protocolos de colaboração.
Os contratos assinados representam um valor de 775 mil euros em recursos financeiros, patrimoniais e humanos da autarquia que podem ser alocados às Juntas de Freguesia, durante este ano, para o exercício das competências delegadas, bem como para o exercício das próprias competências das Juntas.

Estudantes visitam
obras da Casa de Saúde

Cerca de uma dezena de alunos do curso de Engenharia Civil do Instituto Politécnico de Viseu visitaram anteontem as obras de construção da “nova” Casa de Saúde São Mateus.
O interesse partiu dos responsáveis do estabelecimento de ensino superior, que fizeram o pedido.
Através de Hélio Cardoso, engenheiro da Embeiral, empresa responsável pelos trabalhos, que incluem não apenas a construção de um novo edifício, mas também a requalificação das instalações existentes, os estudantes tiveram oportunidade de conhecer de perto algumas particularidades da obra.

Deputados questionam ministro
sobre obras no Servico de Urgências

Os deputados do PS eleitos por Viseu anunciaram ter questionado o ministro da Saúde sobre a necessidade de “obras de fundo” nas urgências do hospital central da capital de distrito.
“É do conhecimento da tutela que nas urgências do hospital central em Viseu são necessárias obras de fundo que aumentem o espaço existente”, referem os deputados José Junqueiro, Elza Pais e Acácio Pinto, numa pergunta que entregaram na terça-feira na Assembleia da República.

Sede da Comunidade Viseu Dão
Lafões mantém-se em Tondela

A sede da Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões vai continuar em Tondela, depois de a proposta de transferência para a cidade de Viseu ter sido chumbada pela maioria dos municípios, disse ontem o presidente daquela organização.
De acordo com o presidente da Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, José Morgado, a proposta de transferência da sede para a Casa do Adro, em Viseu, foi rejeitada por 11 dos 14 municípios.

Investimentos de 1,3 milhões
de euros para as freguesias

A Câmara Municipal de Viseu aprovou ontem diversos contratos-programa de investimento local, que representam obras no valor de 1,3 milhões de euros, no âmbito da delegação de competências.
As verbas serão usadas pelas freguesias na gestão e manutenção de espaços verdes, na limpeza dos espaços públicos, de sarjetas e sumidouros, na manutenção das zonas envolventes das escolas do 1.º ciclo do ensino básico e do pré-escolar, na execução de pequenas reparações nos estabelecimentos de ensino e na realização de obras de requalificação de acessibilidades e ligações de saneamento.

Páginas