“O futebol amador
é o mais importante”

Rui Manhoso, vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) lembrou anteontem ao início da noite, em Vouzela, que “o futebol amador é o mais importante” e que os dirigentes têm sido “os parentes pobres do futebol”. “Têm sido muito esquecidos e sem o seu trabalho e entrega não havia clubes e, sem estes, as associações”, enfatizou, admitindo a necessidade da FPF “dar mais apoio aos clubes e às associações”, face ao enorme papel que têm no desenvolvimento do futebol amador nacional, “que é o mais importante”.

Alunos da Escola Básica
recebem prémio nacional

No âmbito do projecto Eco-Escolas, quatro alunos do 6.º ano, representantes da turma Eco-Escolas do ano lectivo 2013/2014 da Escola Básica de Vouzela, deslocaram-se a Vila Nova de Gaia, para receber o segundo prémio obtido no concurso nacional “Poster eco-código 2014”.

Nova formação preenche
lacuna “grave” no ensino

O secretário de Estado do Ensino Superior, José Ferreira Gomes, adiantou ontem que dentro de cinco anos, os cursos de técnico superior profissional (TesP) deverão ser frequentados por cerca de 10 mil alunos. O governante falava ontem na cerimónia que assinalou a abertura do primeiro curso de técnico superior profissional registado no país e que está a ser ministrado desde 22 de Setembro no Instituto Politécnico de Viseu (IPV).

Câmara reduz dois
milhões de euros
à dívida num ano

O presidente da Câmara de S. Pedro do Sul, Vítor Figueiredo, fez ontem um balanço positivo do seu primeiro ano de mandato, durante o qual a dívida da autarquia foi reduzida em cerca de dois milhões de euros.
Em declarações à agência Lusa, o autarca contou que o executivo encontrou “muitas surpresas” quando chegou à Câmara, uma das quais a dívida de 26 milhões de euros.
Segundo Vítor Figueiredo, do total da dívida, 12 milhões de euros são referentes à Câmara e 14 milhões de euros à empresa Termalistur, responsável pela gestão das termas e que é detida a 100% pela autarquia.

Jovem de 17 anos detido
por furto em café

Os militares do Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial da Guarda Nacional Republicana de Viseu detiveram um indivíduo, de 17 anos, por suspeita de ser autor de um furto em estabelecimento comercial registado em Lustosa, na freguesia de Ribafeita.

Melhores condições para
funcionários e utentes do SEF

O secretário de Estado da Administração Interna, José de Almeida, o director nacional do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, Manuel Palos, e o presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, inauguraram ontem, no antigo edifício do Governo Civil, o novo posto de atendimento do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

“As sementes deste novo
ciclo estão todas
lançadas à terra”

Diário de Viseu - Este primeiro ano de mandato correspondeu ao que esperava?
Almeida Henriques - Foram 12 meses de trabalho intenso com uma equipa que tem correspondido às solicitações. E tive, sobretudo, uma resposta da comunidade viseense muito acima do que era a minha expectativa. Diria que 12 meses depois, as sementes deste novo ciclo estão todas lançadas à terra. Agora, é continuar o trabalho no sentido de fazer germinar muitas dessas sementes e lançar outras. Foi um primeiro ano de muito trabalho e sinto-me realizado e feliz neste concelho.

Inventaram
um produto
e criaram
uma empresa

A invenção chama-se EcoBook e os jovens prometem que é ecológico por ser reutilizável, económico porque não gastamos dinheiro a comprar folhas que apenas servem para rascunhos e prático porque tan­to podemos manter a infor­mação quanto tempo quisermos como a podemos apagar instantaneamente.

Deputados
municipais
aprovam descida
do IMI

A Assembleia Municipal de Carregal do Sal aprovou a descida da taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis para o valor mínimo previsto na lei, que é de 0,3% para prédios novos e avaliados e de 0,5% para os restantes prédios urbanos.

Museu do Imaginário
Duriense renovado

A Câmara Municipal de Tabuaço, em parceria com o Museu do Douro, está a programar a readaptação do espaço do Museu do Imaginário Duriense (MIDU).
Numa primeira fase, iniciaram-se os trabalhos de higienização, preservação e organização da Biblioteca Macedo Pinto, onde depois de separados os livros entre documentos bibliográficos e documentos arquivísticos, se procede à higienização e desinfestação dos livros através da técnica de expurgo por anoxia com nitrogénio, uma forma ecológica que protege os livros.

Páginas